sábado, 16 de setembro de 2017

Pro Evolution Soccer 2016 (PS3)



Famoso jogo da Konami lançado em 2015, é o último que contou com a Libertadores e Copa Sul-Americana.

Gráficos: Para a capacidade do PS3 tem bons gráficos em relação aos jogadores, a torcida deixa a desejar. O campo tem menos cores comparado a versão da next-gen. Estádios são muito bem reproduzidos no jogo. Faixas das torcidas soa bem genérico, como "Queremos ver gol" ou "Vamos ganhar", e todas iguais só muda a cor de acordo com o time.


Essa é última vez que o jogo tem um menu animado, ao fundo o jogador do seu clube de coração.

Variedade de Estádios: Esse é um problema desse jogo para esta geração, disponibiliza poucos estádios, muitos genéricos. Mas esse é o último que conta com estádios famosos, como: Juventus Stadium, Allianz Arena e Old Trafford.  Além desses estádios ainda fazem parte do jogo: Giuseppe Meazza, San Siro, St. Jakob-Park, Estádio do Morumbi, Estádio Urbano Caldeira e Saitama Stadium 2002. Além do Stade de France que é adicionado em atualizações. Ao todo são: 15 estádios (14 se contar San Siro e Giuseppe Meazza como um só)

Cenas de entrada: Elas só aparecem na final da Champions e Europa League.

Licenças: Esse é o ponto em que a Konami peca de mais em seus jogos, com muitos times com escudos e uniformes genéricos (ainda que dê pra consertar com patchs ou pelo editor mesmo). Última edição com toda a Liga Espanhola licenciada. Também é a última vez da Juventus e Bayern licenciados.

Jogabilidade: É dificil explicar.  Não é uma jogabilidade ruim, mas quando você joga sente ela pesada. A movimentação não é espetacular mas é boa.

Master Liga: Talvez o grande carro-chefe da franquia, é um modo onde você escolhe um time para controlar dentro e fora de campo, cuidando das negociações de jogadores.  Dentro de campo jogando por um time brasileiro, você começa a temporada jogando a Copa do Brasil. Só depois de terminada a Copa do Brasil, começam as outras competições. E essa versão tem uma vantagem em relação as mais atuais, que é poder se classificar para jogar a Copa Libertadores ou a Copa Sul-Americana. No final da temporada ainda tem a premiação do melhor jogador do continente e do mundo, além disso tem um amistoso com um time dos jogadores que se aposentaram no final dessa temporada.  Antes de começar esta partida é focado numa estrela mostrando os últimos passos do jogador (muito bacana). E ainda você pode ser chamado para treinar uma seleção, e disputar amistosos e campeonatos.


Copas: No jogo você pode jogar a Copa Libertadores 2015 e a Copa Sul-Americana 2014 e 2015 com os times participantes desses anos (não pode mudar os times), Champions League, Europa League e Copa Asiática. Livremente você pode jogar a Copa do Mundo, Copa América, Copa da África, Copa da Ásia/Oceania e Europa, além da Copa Konami.  Todas essas podendo ser completamente modificadas ao seu gosto.

Modo Online: O serviço foi desativado no fim de agosto, mas pude jogar antes. E posso dizer que tem falhas. Primeiro que ele não equipara o nivel dos jogadores, e o que é pior: quando o usuário desconecta ou cai a conexão, você perde todo o resultado.

Narração: A brasileira à cargo de Sílvio Luiz e Mauro Betting é uma boa narração, tem erros como quando Sílvio fala que puxaram o avental, quando você está perto da bandeira do escanteio. Mas em comparação com a do Milton Leite, ela tem mais emoção, porém ainda um pouco engessada. As outras narrações disponíveis são a Mexicana, a Chilena e a Argentina. Ambas boas e digo mais: pela naturalidade são melhores que a Brasileira. E ainda tem a Inglesa e a Francesa, no qual não curto muito, por serem muito frias.

Modo Edição: Aqui você pode desde alterar o nome, até alterar o cabelo dos jogadores. Também você pode convocar a seleção que quiser, e editar uniformes de times e seleções que não são licenciados.


Personalização: Isso é o que a Konami tem de melhor, pois dá a liberdade aos jogadores em colocar suas próprias músicas no jogo, além de criar faixas para a torcida (apesar de serem bem simplórias) e cânticos da torcida.


Obs: My Club joguei uma só vez, pq a internet daqui de casa é fraca. Ser uma lenda nunca joguei, nunca gostei muito desse modo.

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Family Feud Decades (PS3)

Como prometido a partir de hoje começo a trazer análises de jogos de Playstation 3.


Jogo que adquiri há poucos dias, que achei muito divertido. Jogo fiel ao game show da tv de mesmo nome. Primeiramente você escolhe o nome da sua família, depois escolhe como vai ser seu personagem, como: Roupas, Cabelos e Acessórios. Antes de começar o jogo, você pode escolher entre anos 70, 80, 90 ou 2000. Cada década tem um cenário diferente, além das customizações para seu personagem. O jogo é assim: Terá perguntas aleatórias, como por exemplo: O que você pode fazer com ovos? Aí as respostas podem ser bolo, omelete e etc. Detalhe que ao apertar uma letra vai aparecendo sugestões de palavras, assim você não precisa escrever a palavra até o fim, basta apertar um dos botões que indicam a palavra que quer. Você joga contra uma familia controlada pela máquina. As perguntas se dividem em: pontuação normal, dobro ou tripla. Ao fazer 300 pontos, você vai para a última fase que é conhecida com fast money, você tem 50 segundos para responder 5 perguntas, se você fazer 200 pontos você ganha 20000 como dinheiro extra. Em outras palavras: um jogo simples, mas muito divertido.

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Jogos de PS3 começarão a ser avaliados

Muitos vão achar que é tarde demais, mas para bons consoles nunca é tarde demais.  E só nesse ano consegui adquirir o meu. Então com isso, conforme os jogos que eu for comprando e jogando, eu farei uma análise sobre o mesmo aqui.

Jogos que pouco ou nunca joguei

Voltando depois de um ano, venho falar de jogos que são muito comentados pelas pessoas mas que eu nunca joguei ou que pouco joguei.


Vamos a lista:

The Legend of Zelda 

Joguei poucas vezes no emulador de PS2 do Super Nintendo, mas nunca fui muito fã de RPG, fora algumas exceções. E pelo menos nessa versão de Snes não vi nada que me fizesse jogar.

Shadow of Colossus

Não tive esse jogo mas joguei poucas vezes, até me pareceu legal. Mas depois nunca mais joguei ele.

Tony Hawks

Joguei algumas vezes no PS2, mas nunca curti jogos de skate.

Blitz (ou qualquer outro de Futebol Americano)

Joguei poucas vezes, mas não consigo entender o Futebol Americano, e pelo o tempo que eu joguei não me prendeu.

Silent Hill

Me lembro vagamente de ter jogado mas por muito pouco tempo e acho que foi no PS1, poderia ter jogado o Silent Hill de PS3 mas o jogo não funcionou. Mas me parece um jogo interessante.

Jogos Musicais (Guitar Hero, Band Hero, Dance Dance Revolution, Sing it)

Outro tipo de jogo que nunca me interessei em jogar.

Dino Crisis

Lembro de muito ter ouvido falar deste jogo, mas nunca tive a oportunidade de jogar.

Naruto

Esse é bastante famoso e aclamado pelos fãs, mas a falta de interesse nesse jogo foi por nunca ter curtido o anime. E nesse mesmo estilo teve jogos bem melhores, como os de Dragonball Z.

WWE Smackdown

Esse também joguei só uma vez, mas não como não curto mma, não curti o jogo.

Soul Calibur

Esse nunca joguei, mas queria ter jogado, pois parece ser no estilo do Tekken, que é o tipo de jogo de luta que eu mais curto.

Spider Man

Joguei poucas vezes no PS1, não era um jogo ruim mas acabei jogando outros e esquecendo que esse existia.

Super Mário World

Esse deve chocar muita gente! Mas de fato pouco joguei ele, claro que deve-se ao fato de eu nunca ter tido um Super Nintendo (outro choque), e das vezes que eu joguei na casa de amigos ou que alugava de locadora, eu sempre jogava o ISS.

Final Fantasy

Joguei algumas vezes, mas mais vi outros jogar, e confesso que não me empolgava com que via, achava chato. Até hoje não curto muito jogos de RPG, fora Digimon World 3 que eu curtia.

Castlevania

Até hoje nem sei bem como é o jogo, mas por vídeos as versões mais novas são interessantes.

Diablo

Outro jogo famosíssimo que nunca joguei, mas ao contrário do jogo acima por vídeos que vi das versões mais novas, não me chamou atenção.

007

Não joguei nenhum jogo dessa franquia, mas até tenho algum interesse em jogar alguma versão desse jogo.

Tomb Raider

Joguei poucas vezes a versão de PS1, mas na época achei bem mais ou menos.

Parasite Eve

Nunca tive a oportunidade de jogar este jogo, eu não tinha e não conhecia ninguém que tivesse esse jogo, mas pelo que vi por videos era um jogo interessante, e com bons gráficos a nível de PS1.

Star Wars / Star Trek

Até hoje nunca cheguei a jogar nenhuma das versões existentes desses dois jogos, não tenho certeza se me agradaria essse tipo de jogo.

Devil May Cry

Vendo em alguns sites, é considerado um dos jogos mais difíceis, e tem uma legião de fãs.  Mas outro que só conheço por vídeo.

Hitman

Não joguei, mas por vídeos parece ser um jogo bem interessante.

Midnight Club

Jogo que vi muita gente falar bem desse jogo, mas que eu mesmo nunca joguei.

Black

Um dos jogos mais aclamados aqui no Brasil, mas que eu nunca joguei. Não me lembro de ter visto nem em vídeo.


Como se vê tem muitos jogos famosos que nunca joguei, mas o porquê disso?

Primeiro motivo: No caso dos jogos de Super Nes é que eu nunca tive um, jogava na casa de amigos, mas aí era diferente.

Segundo motivo: Esse é um pouco curioso. Eu sempre gostava de ter jogos que os outros não tinham, ou que não eram muito falados. Tanto é que eu demorei para comprar jogos como: God of War, GTA San Andreas, entre outros.  E pra mim isso até faz sentido, porque muitas vezes jogos que são endeusados pela maioria eu acabo não gostando, e tem o contrário também de jogos que quase ninguém curtir, eu acabar gostando.

Mas claro que tem os jogos que realmente eu acho bons e que são bem avaliados pelos gamers e pelos críticos.

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Os 100 melhores jogos que eu joguei - De 10 a 1

Chegou o dia do post tão aguardado a citar os 10 últimos jogos que faltam na minha lista de 100 melhores jogos, vamos a eles:

10) Steambot Chronicles (PS2)













Confesso que foi ao ver um vídeo deste jogo no Youtube, é que me deu curiosidade de baixá-lo.  O que eu gostei nele é que num diálogo você pode dar várias respostas diferentes, e é curioso andar em um Trotmobile (Um carro robô) por todos os lados e enfrentar outros robôs.

9) The Sims 2 Pets (PS2)













Pois bem já deu pra ver que eu sou fã da franquia The Sims, mesmo com as limitações do console, é um bom jogo, uma pena não ter como ir a cidade. Mas mesmo assim é o único que pode sair de casa ir a uma praça, onde tem barracas de café, sorvete e cupcake; também muitas lojas para os animais desde roupas até um pet shop. O diferencial dessa versão para as outras, é que agora você sabe em qual dia da semana que está. Claro não esquecendo dos Pets onde você pode interagir brincando, ensinando ou dando banho neles.

8) The Sims 2 Castaway (PS2)













Essa versão é aquela que foge da rotina dos demais jogos, agora você vai ter que se virar para sobreviver. Interessante que para não ficar tão sozinho terá que fazer amizade com os macacos, e aproveitar eles para pedir para eles pegar alguma coisa que você queira, desde frutas até materiais para construção.  Mais detalhes aqui: http://analises-ps2.blogspot.com.br/2015/01/the-sims-2-naufragos.html

7) Burnout 3 Takedown (PS2)













Bom jogo de corrida, aonde tem vários modos diferentes para ganhar dinheiro e desbloquear novos carros, e o seu modo carreira tem algumas missões bem difíceis, como fazer um percurso enorme em pouco tempo, para isso não pode bater em nada se não não consegue atingir o objetivo. Também há de se ressaltar os ótimos gráficos para a época.

6) The Da Vinci Code (PS2)













Um jogo bem interessante, inteligente também pois tem que quebrar a cabeça para resolver os seus puzzles e descobrir os códigos para abrir portas.  E tem toda a história do filme de mesmo nome, vale a pena conferir esse jogo.

5) Resident Evil 4 (PS2)












Esse geralmente é bem falado em qualquer lista de PS2; e realmente é um bom jogo. Mas achei que perdeu um pouco do terror da versão passada. Considero um jogo bem difícil, tem fases bem complexas. Obs: Não cheguei a virar ele.


4) Obscure: The Aftermath (PS2)













Jogaço, odeio jogos longos, mas esse vale a pena. Ele tem uma pegada de horror também, e muitas vezes dá até um pouco de medo. Também tem alguns puzzles bem complicados, como manejar uma vareta até achar a fechadura (parece fácil mas não é).  O jogo é tão bom que foi um dos únicos tive paciência para virá-lo.

3) 2006 FIFA World Cup (PS2)













Lindo esse jogo, poder levar a uma Copa do Mundo qualquer das 93 seleções passando pelas eliminatórias é muito legal, ainda tem o modo desafio onde você pode mudar a história de um jogo, conseguindo você ganha pontos para desbloquear produtos na loja do jogo.  Não dá pra deixar de falar dos bons gráficos para a limitação que tinha o PS2. E o clima de Copa do Mundo é muito bem feito, com as torcidas agitando suas seleções.

2) Pro Evolution Soccer 2014 (PS2)













A edição de 2014 é apenas simbólica por ser o último jogo do PS2, além de ser a que eu mais jogo atualmente. Não tem muita diferença desde o 2011, mas vale ressaltar os gráficos melhores que o do FIFA, boa jogabilidade e também as copas oficiais, como a Copa Libertadores e a Champions League. Também tem a Master Liga, o Ser uma Lenda (que controla qualquer jogador pré-definidos das equipes ou um feito por você mesmo). Uma pena é o jogo original não ter times brasileiros. (E a maioria dos patchs desse jogo são mal feitos).

1) FIFA 14 (PS2)













Assim como acima, é a edição do FIFA que eu mais jogo atualmente. Em relação ao PES, acho a jogabilidade melhor, além de ter um modo carreira melhor do que o seu rival.  Um ponto positivo é ter pelo menos os 20 times da Liga Brasileira (licenciados ou não). O modo de ser um jogador, também me parece melhor no FIFA, legal que dá até para ser convocado para a seleção. Já os gráficos não são tão bonitos quanto do PES, mas mesmo assim não considero ruins.


E assim termina a lista dos 100 melhores jogos que eu joguei.

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Os 100 melhores jogos que eu joguei - De 19 a 11

19 - The Sims (PS2)













Esse é o primeiro jogo da série para PS2, e nele já tem algo muito interessante. Nele tem o modo história e modo livre, o que peca nele é não ter como ir a cidade, melhor dizendo nem cidade tem!
Porém vc pode mudar o seu visual a hora que quiser (parece algo primário, mas em algumas versões do jogo não tem essa opção), também aqui vc poderá ter um bebê e colocar piscina na sua casa.

18 - Driver 2 (PS1)













Normalmente esse jogo tem 2 cidades disponíveis: Chicago e Havana, e mais duas depois de você zerar o jogo, que são: Las Vegas e Rio de Janeiro. Nossa, como joguei esse jogo nos tempos aúreos de PS1, o mais curioso é que na maior parte do tempo não era no modo undercover (fases) e sim no de fugir da polícia (Take a ride), como era doido entrar dentro do cemitério para a polícia não me pegar ...

17- FIFA 2005 (PS2)













Este jogo tem bons gráficos para sua época, gráficos que até impressionam comparado a versões anteriores, legal nele é que tem todos os principais times brasileiros.  A jogabilidade dele também é bem interessante, só o que peca nele é o seu sistema de faltas, mas no geral é um bom jogo.

16- Road Rash 3D (PS1)













O melhor jogo de corridas de moto que eu já joguei, conforme vai ganhando as corridas, vão abrindo novas pistas e novas motos, o legal é que no meio da corrida você pode dar uma paula no inimigo ou simplesmente empurrá-lo da moto.

15- Winning Eleven U-23 2000 (PS1)













Esse jogo joguei muito quando ganhei o meu PS1, na verdade duas versões desse jogo. Uma com as seleções e outra com o Brasileirão de 2002 com narração marcante de Neri, o danado. Um pouco mais simples que o WE 2002, mas do mesmo nível.

14- Driver 3 (PS2)













Seguindo o mesmo estilo do segundo jogo, Driver apresenta muita ação, e missões bem interessantes. No jogo também tem o modo para fugir da policia, mas desta vez as cidades do jogo são: Miami, Nice e Istambul. Os gráficos são muito bons.

13- The Sims 2 (PS2)













O melhor dos jogos da série para quem quer jogar com outra pessoa, a diferença é que aqui você pode controlar os movimentos do sim andando até o objeto ou pessoa. Se quiserem saber de mais detalhes deste e de outros jogos da série Sims, cliquem aqui Jogos The Sims para PS2

12- Crash Team Racer (PS1)













Jogo similar ao Mário Kart, só que com a turma do Crash.  Jogo bem divertido, onde tem muitas pistas e personagens legais. Tem o modo de campeonato, ou só de corrida; e também de fazer o circuito em menos tempo.

11- Grand Theft Auto Liberty City Stories (PS2)













Realmente esse jogo vicia, tinha parado por um tempo, porque estava sentindo muitas dificuldades. Mas esses dias voltei a jogar, e no momento que fui completando os objetivos, cada vez dava mais vontade de jogar. GTA é foda mesmo!